scientifyRESEARCH
research funding database

The Aortic Dissection Charitable Trust: Perspetiva de um financiador, Catherine Fowler, Administradora

Share this post

The Aortic Dissection Charitable Trust

Prefácio: Recentemente tive a oportunidade de conversar com a Catherine Fowler, administradora do The Aortic Dissection Charitable Trust, para saber mais sobre o importante trabalho que está a ser desenvolvido por este Fundo.

Fale-nos mais sobre a missão do The Aortic Dissection Charitable Trust.

Estamos empenhados em fazer a diferença entre as pessoas afetadas pela dissecção da aorta, uma doença com um impacto devastador que é muitas vezes negligenciada. A nossa missão consiste em melhorar as taxas de sobrevivência e a qualidade de vida através de investigação que permita aprofundar a compreensão das causas da doença e procurar melhores formas de a diagnosticar e tratar.

O nosso objetivo é reunir as mentes mais brilhantes e os corações mais corajosos para esta missão – investigadores, profissionais de saúde e, sem esquecer, os próprios doentes. As suas histórias e ideias são vitais, dando forma à investigação que realmente importa.

O que a motiva mais no seu trabalho no The Aortic Dissection Charitable Trust?

É o potencial de fazer a diferença na vida das pessoas afetadas pela dissecção da aorta. Saber que os nossos esforços em investigação podem levar a um melhor diagnóstico, tratamento e, em última análise, salvar vidas, dá-nos um profundo sentido de propósito e motivação.

Poderia fornecer informações sobre o ciclo anual de candidaturas no The Aortic Dissection Charitable Trust?

As candidaturas abrem uma vez por ano, normalmente quando o ano novo começa. Aguardamos com expectativa este momento, pois traz novas oportunidades para apoiar a investigação inovadora da dissecção da aorta. Convidamos investigadores e profissionais de saúde apaixonados por fazer a diferença neste domínio a juntarem-se a nós. Os pormenores e os prazos de apresentação podem ser consultados no nosso website. Nós estamos aqui para ajudar em todas as etapas do processo.

Posso saber mais sobre os critérios de qualificação para indivíduos ou entidades que pretendam candidatar-se ao financiamento desta organização?

Os TADCTs recebem candidaturas de indivíduos e equipas de investigação afiliados ao NHS no Reino Unido, ao Health Service Executive na Irlanda ou numa universidade registada nestas regiões. O nosso objetivo é promover uma comunidade de profissionais dedicados que compartilham o nosso compromisso com o avanço da investigação de dissecção da aorta. Se é motivado pela paixão de melhorar os cuidados prestados aos doentes neste campo, gostaríamos de o conhecer e de saber como podemos apoiar o seu trabalho.

Na sua opinião, que tipo de candidaturas de financiamento se destacam?

Na minha opinião, os pedidos de financiamento que realmente se destacam são aqueles com uma visão clara e apelativa de como a investigação pode fazer avançar a nossa compreensão da dissecção da aorta e melhorar os resultados dos doentes. As propostas que demonstram uma abordagem inovadora, suportada por uma fundamentação sólida e uma metodologia bem definida, tendem a captar a nossa atenção. Além disso, projetos que mostram potencial para um impacto significativo, particularmente aqueles que implicam o envolvimento dos doentes ou abordam lacunas em protocolos de tratamento atuais, estão em sintonia com a nossa missão. É a combinação de inovação, viabilidade e potencial de aplicação no mundo real que faz com que uma candidatura se destaque para nós no The Aortic Dissection Charitable Trust..

O que diferencia esta organização é a forma única e abrangente de considerar várias candidaturas. Poderia dar-nos mais detalhes sobre áreas especificas que esta organização está disposta a considerar?

Esta organização orgulha-se da sua abordagem abrangente aos pedidos de financiamento. Estamos interessados numa grande variedade de projetos, desde investigação genética de ponta a melhorias práticas nos cuidados aos doentes. O que realmente capta a nossa atenção são as iniciativas que prometem melhorar todas as fases do percurso do doente, desde a precoce deteção à gestão a longo prazo. É esta perspetiva compreensiva que que nos distingue, garantindo que apoiamos a investigação que pode realmente melhorar as vidas das pessoas afetadas por esta doença. Se é apaixonado pela ideia de fazer a diferença neste campo, estamos ansiosos para apoiar o seu projeto.

Catherine, estou impressionada com o envolvimento dos doentes desta organização em projetos de investigação. Poderia partilhar mais pormenores sobre esta iniciativa e o respetivo impacto na investigação?

Envolver os doentes diretamente nos nossos projetos de investigação é algo pelo qual temos grande estima. As suas experiências em primeira mão proporcionam conhecimentos inestimáveis, que ajudam a sintonizar a investigação de acordo com as necessidades dos doentes. Esta abordagem não só enriquece os nossos projetos com perspetivas do mundo real, como também garante que os resultados sejam genuinamente benéficos para as pessoas afetadas pela dissecção da aorta. Trata-se de uma colaboração que fortalece verdadeiramente tanto a nossa investigação como as pessoas que pretendemos ajudar. O que é único na nossa instituição de caridade é o envolvimento do nosso Grupo Consultivo de Investigação, onde cada profissional de investigação e médico é associado a uma pessoa laica que viveu a experiência da DA, assegurando uma abordagem equilibrada e profundamente informada a cada projeto que financiamos.

Há algum beneficiário recente deste financiamento de que se sinta particularmente orgulhosa?

Recentemente, financiámos alguns projetos dos quais me sinto particularmente orgulhosa. Um desses projetos é a iniciativa “AORTA-AI” liderada pelo Dr. Jim Zhong. Esta investigação pioneira utiliza a inteligência artificial para melhorar o diagnóstico rápido da Síndrome da Aorta Aguda, uma área crítica em que uma intervenção atempada pode salvar vidas. Outro projeto notável é o Pan-London Decade-Long Analysis of Misdiagnosis of Acute Aortic Syndromes (PanDAMAAS), liderado pelo Dr. Farhin Holia, que se dedica a compreender e reduzir os erros de diagnóstico da dissecção da aorta, o que é crucial para um tratamento precoce e eficaz. Além disso, o trabalho de Matthew Machin sobre o desenvolvimento de um conjunto de resultados fundamentais para a investigação da dissecção da aorta de tipo B destaca-se pelo seu potencial para normalizar e melhorar a qualidade da investigação neste campo. Cada um destes projetos exemplifica a investigação inovadora e impactante que nos esforçamos por apoiar, contribuindo diretamente numa melhoria dos resultados dos doentes e nos avanços na compreensão e tratamento da dissecção da aorta.

Que conselhos tem para investigadores interessados em candidatar-se ao vosso financiamento?

Para os investigadores interessados em candidatar-se ao nosso financiamento, o meu conselho sincero é que se certifiquem de que a proposta descreve claramente a forma como o vosso projeto pode fazer uma diferença significativa na compreensão ou no tratamento da dissecção da aorta. Somos especialmente atraídos por ideias inovadoras que prometem melhorar os resultados para os doentes. Não hesite em salientar o aspeto do seu trabalho focado no doente; está no centro daquilo que valorizamos. E lembre-se, estamos aqui para apoiar a sua jornada de forma a causar um impacto significativo neste campo.

Agradecimentos

Gostaríamos de agradecer à Catherine Fowler por partilhar mais sobre a missão, o programa de financiamento e as iniciativas atuais do The Aortic Dissection Charitable Trust.

Would you like to be featured on our blog?

Get in touch with us!

phd student funding

Sign-up for our monthly
research funding newsletter

you can unsubscribe at any time