scientifyRESEARCH
research funding database

Projeto U Change: Perspetiva de um financiador, Yves Gärtner, Diretor do U Change

Share this post

Prefácio: A sustentabilidade está na moda nos dias de hoje, mas o que estamos a fazer em relação a isso? No EuroScience Open Forum deste ano, encontrámo-nos com Yves Gärtner, diretor do U Change na Academia de Artes e Ciências da Suíça. Falámos sobre o Projeto U Change, uma iniciativa de financiamento do governo suíço, que promove iniciativas de desenvolvimento sustentável entre os estudantes universitários.

Por favor, fala-nos mais sobre o Projeto U Change. Quando começou e porquê?

Na Suíça, o financiamento governamental para a investigação, ciência e inovação tem um ciclo de quatro anos. Uma parte deste financiamento é dedicada a investigações que são consideradas relevantes a nível nacional ou internacional, a esta parte damos o nome de Projektgebundene Beiträge em alemão. Há cerca de 10 anos atrás, nós, na Suíça começámos a reconhecer mais e mais a importância do desenvolvimento sustentável e também a importância das Academias Suíças de Artes e Ciências como impulsionadoras de iniciativas de sustentabilidade. Esta perceção levou-nos ao projeto “Desenvolvimento Sustentável nas Universidades” em 2013. Estava destinado apenas a universidades e incluía investigações, iniciativas de investigação, ensino e estudantes de sustentabilidade. Após 4 anos, quando o projeto foi renovado, foi decidido que o foco seria apenas as iniciativas dos estudantes, pois esta era uma ótima maneira de empoderar os alunos com ideias inovadoras. Foi quando o projeto foi renomeado para U Change, significando University Change. Na minha opinião, o mais importante foi a decisão de abrir o projeto, não só às universidades mas também a todas as instituições de ensino superior na Suíça. O projeto acolhe qualquer ideia dos alunos, desde que estes consigam explicar porque é que é boa para o desenvolvimento sustentável. O orçamento total para este programa é de 2,5 milhões de francos suíços pelo período de 4 anos, e cada projeto pode candidatar-se no máximo a 10.000 francos suíços em financiamento.

De todos os projetos que foram financiados através do U Change até à data, há alguns de que gostes particularmente?

Há tantos projetos, por isso é difícil dizer mas há alguns que certamente se destacam. Um projeto em particular que me vem à mente é o projeto “Buy-Aware”. Um grupo de alunos, com base em relatórios de sustentabilidade dos produtores de smartphones, criou uma lista de pontuação dos mais sustentáveis. Esta equipa construiu uma vasta rede com os produtores de smartphones, incluindo a Apple e a Samsung. Infelizmente, devido a circunstâncias pessoais, a equipa não pôde continuar com este projeto. Teria sido muito empolgante, pois permitiria que os consumidores impulsionassem o consumo sustentável.

Outro projeto interessante é “Economia Pluralista”, uma série de palestras em que especialistas em economia são convidados a explicar diferentes teorias económicas. Foi tão popular e bem sucedido que a Universidade de Zurique assumiu a gestão do projeto a longo prazo. A tentativa de desvio da mensagem por parte de um político local de direita foi uma anedota curiosa acerca deste projeto. Este tentou denunciar o projeto por “ensinar marxismo”. De facto, o projeto incluía o marxismo, que é sem dúvida uma teoria económica. O político não obteve o resultado que queria, mas ajudou a promover a série de palestras!

Um projeto interessante que aborda o desperdício alimentar e a pobreza é um programa onde a comida que não é vendida pelas grandes cadeias de supermercados é vendida a estudantes.  Em Genebra foi decidido oferecer os alimentos sem fazer perguntas, ao invés de os venderem. Embora a Suíça não seja associada a pobreza, o custo elevado de vida pode ser um desafio para os estudantes. Ao não fazerem perguntas ou exigir qualquer identificação, os estudantes com mais necessidades podem receber ajuda sem sentirem vergonha.

Que conselho darias para outros países e financiadores que estejam a pensar adotar um projeto similar?

Em primeiro lugar, deem aos estudantes uma oportunidade de fazer algo. Eles são bastante inovadores, têm muita energia e isto é um programa que tem uma baixa relação custo-benefício. Com 10,000 francos suíços por projeto, é incrível as soluções que os estudantes sugerem. Todas as partes interessadas estão entusiasmadas com esta forma simples de obter uma grande inovação. Por isso, força, deem aos alunos a possibilidade de participarem e fazerem a diferença.

E que conselho darias a um potencial candidato para o financiamento do U Change?  

U Change é um programa com um aspeto especial: estou autorizado a dar feedback de propostas de projetos antes destas serem submetidas. Por isso, o meu conselho é para começarem o mais cedo possível, para assim serem capazes de me enviar um rascunho e eu dar feedback. Claro que isto não é uma garantia de obter financiamento para o projeto, pois não sou eu que toma as decisões. E, talvez mais importante, fala com especialistas da tua instituição de ensino e pede conselhos. O meu último conselho, não tentes resolver todos os problemas. Foca-te num tópico, e não te esqueças que o objetivo principal é terminares os estudos.

Agradecimentos

Obrigada, Yves, por partilhares a tua perspetiva de financiador connosco!

Would you like to be featured on our blog?

Get in touch with us!

phd student funding

We value your opinion

Complete our 1-min user survey and receive complimentary full access to our premium research funding database.

Sign-up for our monthly
research funding newsletter

you can unsubscribe at any time